Escolha seu país e língua:

África

  • Global
  • Angola
  • Botsuana
  • DRC
  • Etiópia
  • Gana
  • Quênia
  • Malaui
  • Moçambique
  • Namíbia
  • Nigéria
  • África do Sul
  • Tanzânia
  • Uganda
  • Zâmbia
  • Zimbábue

Américas

  • EUA
  • Argentina
  • Brasil

Ásia-Pacífico

  • China
  • Índia
  • Japão
  • Coreia do Sul
  • Austrália

Europa

  • França
  • Alemão
  • Itália
  • Países Baixos
  • Reino Unido
Voltar
África do Sul

You are only moments away

Diversão
Artes
Cultura
História
Eventos
Johannesburg
Cape Town
Pessoas

FFãs de jazz de todo o mundo apreciam as habilidades e o talento vibrante dos músicos de jazz sul-africanos. Não é de surpreender que o país abrigue tantos shows de jazz e festivais reconhecidos internacionalmente, com uma série de influências únicas que dão vida ao distinto som do país.

O jazz sul-africano tem um jeito de entrar em você e mexer com você – tanto emocional quanto fisicamente. Sua voz particular conta a história de um século de colaboração e conversas entre artistas e músicos africanos ao redor do globo. É dinâmico e inesperado, e ao mesmo tempo familiar, pois constantemente reinterpreta o gênero de uma perspectiva sul-africana.

O jazz afro-americano começou a chegar à África do Sul no começo do século 20. A influência e a popularidade do ragtime e da dixieland levaram ao desenvolvimento de uma forma musical unicamente sul-africana chamada marabi. Esta misturou sons americanos com as harmonias cíclicas africanas e um ritmo tipo trance. Atingiu em cheio o país e, no surgimento do swing, a música se tornou cada vez mais complexa e popular.  

Kwela, um estilo musical que fez o pennywhistle uma parte indispensável de seu som, foi seguido pelos ritmos sofisticados e elegantes do mbaqanga, um gênero que combina guitarra e baixo com metais.

Você sabia?
OO anual Jazz on the Lake, que acontece em setembro, é o maior evento gratuito do calendário de entretenimento de Joanesburgo.

 Estes sons se desenvolveram com a influência de muitos músicos de jazz sul-africanos que viviam no exílio durante o apartheid. Pela sua natureza, o jazz não tem regras. E não é à toa que aqueles que primeiro apresentaram este estilo musical tão improvisado foram aqueles que quebravam as regras.

Jazz sul-africanos

Alimentação

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Quando visitar
Como chegar

TTrompetista, compositor e vocalista, Hugh Masekela é um dos gigantes do jazz sul-africano. Ele começou sua carreira tocando com a banda Jazz Epistles nos anos 1950. Então voltou do exílio para a África do Sul em 1990, e sua turnê nacional lhe rendeu novos fãs apaixonados. Ele é tão querido em seu lar quanto é no exterior.  

Outro gigante do jazz sul-africano, o pianista e compositor Abdullah Ibrahim recebeu influências da música avant-garde dos anos 1960. Quando voltou à África do Sul para gravar sua obra-prima, “Manenberg”, conquistou seu lugar entre os maiores músicos sul-africanos.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos

CCaiphus Semenya foi outro exilado que ganhou seu lugar ao sol como um dos mais importantes músicos de jazz sul-africanos. Enquanto vivia nos EUA, Semenya trabalhou com Masekela, Makeba e Jonas Gwangwa. Ele compôs a música para o filme A cor púrpura.

Miriam Makeba começou sua carreira como vocalista principal junto aos Manhattan Brothers em 1954. Sua linda voz lhe garantiu um lugar no musical de jazz King Kong. Ela gravou duas das suas mais queridas canções – “The Click Song” e “Pata Pata” – no exílio, nos EUA. Voltou à África do Sul nos anos 1980, popular como sempre. Morreu em 2008, mas sua música e sua influência sobrevivem até hoje. 

O Festival Internacional de Jazz da Cidade do Cabo é um ponto alto no calendário de qualquer amante do estilo. Ele acontece no último fim de semana de março, todos os anos, no Cape Town International Convention Centre. Lá você encontra uma mistura eclética de jazz local e internacional, a razão pela qual é chamado de “A Maior Reunião da África”, quando a Cidade Mãe mostra todo o seu jazz cheio de alma, entretendo com muito estilo.

O Sophiatown Bar Lounge é inspirado pelo multicultural subúrbio de Joannesburgo de onde tirou seu nome. Historicamente, Sophiatown era um polo de ativismo político e criatividade. Na primeira metade do século 20, produziu alguns dos mais famosos músicos e jazz da África do Sul. Hoje, é um local que celebra o legado deles. O Sophiatown Bar Lounge é literal e figurativamente o coração da cena de jazz sul-africana. Por lá é possível ouvir sons de jazz icônicos e também artistas contemporâneos, tanto emergentes quanto bem-conhecidos, que se apresentam no local.

Hoje, o jazz sul-africano é mais popular do que nunca. Ele é continuamente revivido por músicos jovens e talentosos, que se comprometem com sua música e seu contexto em formas novas e inovadoras, ganhando os ouvidos de fãs de jazz por todo o mundo. Não tenha medo de se perder em um club de jazz sul-africano e deixar os sons ganharem você a cada batida, a cada melodia. 

Quem contatar
Quando visitar
Custos
O que levar
Eventos

Artigos relacionados

Cultura vibrante

Gastronomia de múltiplas influências

Cultura vibrante
Gastronomia de múltiplas influências

A cozinha sul-africana tem múltiplas influências, desde aquelas vindas das dezenas de tribos locais até as deixadas como herança por todos os povos que fazem parte da história do país, como holandeses, ingleses, malaios, alemães, franceses, italianos e indianos.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Natureza intocada

Viajando com crianças

Natureza intocada
Viajando com crianças

Famosa entre casais que viajam em lua de mel e mochileiros em busca de aventura, muitos viajantes não sabem que a África do Sul também é um destino incrível para visitar com crianças.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Cidade agitada

Polokwane, coração urbano da Província de Limpopo

Cidade agitada
Polokwane, coração urbano da Província de Limpopo

Polokwane é a capital de Limpopo, e tem uma vibrante mistura de povos e de culturas interessantes.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Cidade agitada

Bem-vindo a Nelspruit

Cidade agitada
Bem-vindo a Nelspruit

Nelspruit, a capital da província de Mpumalanga, é uma cidade vibrante e subtropical que combina uma rica história cercada de natureza intocada com muita aventura cheia de adrenalina.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Cidade agitada

Meropa Casino & Entertainment World

Cidade agitada
Meropa Casino & Entertainment World

Nos entornos da capital de Limpopo, Polokwane, o Meropa Casino & Entertainment World é um cassino e complexo de entretenimento em estilo marroquino.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Cidade agitada

De alta moda ao entretenimento, o Riverside Mall tem de tudo

Cidade agitada
De alta moda ao entretenimento, o Riverside Mall tem de tudo

O shopping center Riverside Mall em Mbombela (Nelspruit) é o maior centro de compras e entretenimento na província de Mpumalanga.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Cidade agitada

Descubra a culinária sul-africana em Pretória

Cidade agitada
Descubra a culinária sul-africana em Pretória

Pretória é o centro diplomático da África do Sul, o que significa que culturas de todos os cantos do mundo a chamam de lar.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Cidade agitada

Culinária fantástica em Joanesburgo

Cidade agitada
Culinária fantástica em Joanesburgo

Viajar para a África do Sul é desvendar uma culinária de sabores inigualáveis a ótimos preços.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos

África do Sul nas mídias sociais

Direito autoral © 2018 Departamento de Turismo na África do Sul
|Termos e condições|Aviso de isenção|Política de privacidade