Escolha seu país e língua:

África

  • Global
  • Angola
  • Botsuana
  • DRC
  • Etiópia
  • Gana
  • Quênia
  • Malaui
  • Moçambique
  • Namíbia
  • Nigéria
  • África do Sul
  • Tanzânia
  • Uganda
  • Zâmbia
  • Zimbábue

Américas

  • EUA
  • Argentina
  • Brasil

Ásia-Pacífico

  • China
  • Índia
  • Japão
  • Coreia do Sul
  • Austrália

Europa

  • França
  • Alemão
  • Itália
  • Países Baixos
  • Reino Unido
Voltar
África do Sul

You are only moments away

Entertainment
Culture
Lifestyle
LGBT
Cape Town
Johannesburg
Durban
City Breaks
Nightlife
Honeymoon
Diversão
Cultura
LGBT
Johannesburg
Cape Town
Durban

EEntre os primeiros países a aprovar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, a África do Sul é um dos destinos favoritos da comunidade LGBTQI+ do mundo todo. Sendo a Cidade do Cabo seu epicentro, o país é famoso por seu perfil amigável e acolhedor, que abraça a diversidade e valoriza o amor em todas as suas formas.

Para além das atrações turísticas com opções para diversos gostos, o sucesso da África do Sul se deve em grande parte ao fato de que o país é considerado um dos mais seguros do mundo para casais LGBTQI+. Essa realidade foi atestada recentemente por uma pesquisa do ILGA (International Lesbian, Gay, Bisexual, Trans and Intersexual Association), que analisa as leis de todos os países do mundo no que diz respeito aos direitos e proteções oferecidos a comunidade LGBTQI+.

Entre os fatores levados em consideração, e que colocam a África do Sul entre os países do topo da lista, estão a legalidade do casamento entre pessoas do mesmo sexo, a permissão para que parceiros de qualquer orientação sexual realizem adoções, e também a punição por lei daqueles que realizem atos de discriminação a qualquer cidadão LGBTQI+.

A postura progressista da África do Sul só é equiparada a de outros 3 países: Malta, Suécia e Portugal.

CCom uma beleza de cair o queixo e atividades de todos os tipos – de praias a compras, de aventura a vida noturna -  Cape Town foi considerada recentemente a quinta cidade mais gay-friendly do mundo pelo jornal americano The New York Times e pelo site SCRUFF. A cidade sedia anualmente o Mother Queer City Project, festa a fantasia muito badalada, e também a Cape Town Pride, semana de eventos, festivais, festas e desfiles que em geral acontece entre o fim de fevereiro e o começo de março.

Joanesburgo, a capital comercial do país, e Durban, banhada pelas águas mornas do oceano índico, também tem suas próprias “pride”.  Knysna, localizada na deslumbrante Rota Jardim e considerada a cidade mais gay da África do Sul, também merece uma visita. É lá que acontece há 18 anos o Pink Loerie Mardi Gras Arts Festival.

CCom um povo acolhedor e sorridente e uma enorme variedade de estabelecimentos voltados a comunidade gay, a África do Sul está sempre pronta para recebe os LGBTQI+ de todos os cantos do mundo, seja qual for o motivo de sua viagem. 

África do Sul nas mídias sociais

Direito autoral © 2019 Departamento de Turismo na África do Sul
|Termos e condições|Aviso de isenção|Política de privacidade