Escolha seu país e língua:

África

  • Global
  • Angola
  • Botsuana
  • DRC
  • ethiopia
  • Gana
  • Quênia
  • malawi
  • Moçambique
  • namibia
  • Nigéria
  • África do Sul
  • Tanzânia
  • Uganda
  • zambia
  • zimbabwe

Américas

  • EUA
  • Argentina
  • Brasil

Ásia-Pacífico

  • China
  • Índia
  • Japão
  • Coreia do Sul
  • Austrália

Europa

  • França
  • Alemão
  • Itália
  • Países Baixos
  • Reino Unido
Voltar
Cabo Ocidental

youAreOnlyMomentsAway

Atrações
Museus
Cultura
História
Econômico
Família
Acessibilidade
Cape Town
Pessoas

VVisitar os corredores da Ilha Robben faz com que você seja transportado para uma época da história da África do Sul na qual o país havia chegado a um momento crucial. Entrar na cela que Nelson Mandela ficou preso por muitos anos traz ao coração a emocionante história da luta sulafricana por democracia e igualdade.

Conhecer a Ilha Roben perto de Cape Town, pode ser uma experiência incômoda, mas muito importante para qualquer pessoa que visite o país.

A Ilha Robben mudou de função muitas vezes ao longo dos anos. Já foi colônia de leprosos, hospital psiquiátrico e base de treinamento da defesa, mas esse local hoje, Patrimônio Mundial pela UNESCO, ficou realmente conhecido por ser prisão de ativistas contra o Apartheid, entre eles o ex-presidente Nelson Mandela.

Quando você visitar a ilha, poderá a entrar na cela que Mandela, que foi o prisioneiro mais famoso do mundo, ficou preso por 18 dos seus 27 anos de cárcere. É um lugar onde muitas pessoas vão para se curvar e homenagear o pai da democracia sulafricana. Já passaram por lá o ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton e Barack Obama.

Ilha Robben (Robben Island)

Alimentação

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Quando visitar
Como chegar

NNa "ilha", como se tornou conhecida, os líderes da luta contra a opressão racial, desenvolveram o pensamento político e os estreitaram os relacionamentos que seriam uma característica da África do Sul pós-Apartheid. Também foi de lá que Mandela emergiu como líder do Congresso Nacional Africano. Porém, quando Mandela chegou à ilha, no inverno de 1964, as condições que ele encontrou eram precárias.

Os prisioneiros eram confinados a pequenas celas com somente uma esteira para dormir e um vaso sanitário móvel. Todas as manhãs eles eram acordados às 5h30 para esvaziar os vasos e começar outro dia de trabalho pesado. Os prisioneiros negros recebiam uma alimentação inferior comparada aos colegas brancos e de outros tons de pele. Ainda mais cruelmente, eles eram privados do contato com as pessoas que amavam, limitados a meia hora de visita de um membro familiar e só podiam receber apenas duas cartas, por ano.

DDiante de todo esse isolamento, a ilha se transformou em uma "universidade" informal, onde os prisioneiros, que seriam a próxima geração de líderes políticos na África do Sul, passavam muitas horas debatendo e discutindo.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos

SSem o contato da família e de amigos, Mandela, Walter Sisulu, Govan Mbeki e Ahmed Kathrada, entre outros, mostraram que eram homens de aço, pois não perdiam a esperança de ver uma nova África do Sul. Essa foi uma das razões que o Comitê de Patrimônio Mundial da UNESCO escolheu a Ilha Robben como o "triunfo do espírito humano".

Nos dias de hoje você pode ir de ferry (barco) para o que é chamado de "Museu da Ilha Robben". O passeio começa no Nelson Mandela Gateway no V&A Waterfront da Cidade do Cabo e dura cerca de 3h30 (a viagem de barco dura meia hora de ida e meia hora de volta).

Para incrementar mais a experiência, com frequência os passeios são conduzidos por ex-prisioneiros políticos, alguns deles inclusive que conviveram com Mandela e que explicam exatamente como a vida na prisão. A história da Ilha Robben também é descrita em um passeio de ônibus com duração de 45 minutos.

Visitar a ilha é conhecer um dos maiores e mais importantes patrimônios culturais do mundo. É testemunhar o verdadeiro espírito do povo e da história sulafricana, e se curvar diante da força que esses homens tiveram para mudar o país.

Quem contatar
Como chegar
Quando visitar
Entornos
Passeios
Andando por lá
Custos
Quanto tempo ficar
O que levar
Onde ficar
O que comer

Artigos relacionados

Cultura vibrante

Oudtshoorn - The capital of the Klein Karoo

Cultura vibrante
Oudtshoorn - The capital of the Klein Karoo

Indo em direção ao interior a partir da famosa Garden Route, passando por incríveis cenários de montanhas, rochas vermelhas magníficas e pelos amplos espaços abertos do Klein Karoo, você encontra Oudtshoorn.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Cultura vibrante

Do início de toda a humanidade a uma história humana que inspirou o mundo

Cultura vibrante
Do início de toda a humanidade a uma história humana que inspirou o mundo

O espírito da antiga África ainda pode ser visto hoje no local do Iron Age Kingdom de Mapungubwe, uma avançada civilização famosa por seu ouro, que era “comercializado” até na Ásia centenas de anos atrás.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Cultura vibrante

A África do Sul e a cena do jazz

Cultura vibrante
A África do Sul e a cena do jazz

JFãs de jazz de todo o mundo apreciam as habilidades e o talento vibrante dos músicos de jazz sul-africanos.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Cultura vibrante

Décadas de memórias

Cultura vibrante
Décadas de memórias

Há muitos lugares em Cape Town onde você pode captar o espírito de uma era que já se foi, mas o District Six Museum é onde você encontrará o coração e a alma de uma comunidade esfacelada.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Cultura vibrante

A vibrante Bo-Kaap e seu museu

Cultura vibrante
A vibrante Bo-Kaap e seu museu

A colorida Bo-Kaap tem uma história fascinante e uma cultura única que simplesmente precisam ser exploradas.

Explore agora
Adicione à lista de desejos
Adicione à lista de desejos
Direito autoral © 2018 Departamento de Turismo na África do Sul
|Termos e condições|Aviso de isenção|Política de privacidade